Grupo 2001

Contate-nos

55 3322 0055

Facebook  Instagram
Pesquisa de veículos
 
2001 Multimarcas

Como transportar o cachorro em viagens de carro

Publicada em 19/07/2019

Decidiu que vai viajar, não quer deixar seu animal de estimação em casa sozinho e resolveu leva-lo junto? Saiba que existem leis para viajar de carro com seu cachorro.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é proibido levar animais nas partes externas do veículo ou dirigir com o animal solto no carro, essa é uma medida que tem como principal objetivo garantir a segurança do animal e dos passageiros.

Em caso de transporte do animal de estimação solto de maneira que possa feri-lo ou incomodar o motorista há a proibição e o não cumprimento dessa regra implica no pagamento de multa por infração média além de gerar quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Não há especificação de quantos animais podem ser transportados, mas eles só podem ser transportados no banco de trás do veículo.

 

Como posso levar meu cachorro nas viagens de carro?

Antes de qualquer coisa, é importante verificar se as vacinas, o antipulgas e a desvermifugação do seu cachorro estão em dia. É recomendável que leve seu cachorro ao veterinário antes de viajar, o veterinário poderá receitar remédios para enjoo e lhe orientar sobre como trata-lo em eventuais emergências.

Você pode optar pelo modo que mais lhe for conveniente, o mais importante é priorizar sua segurança, a dos passageiros e do seu animal de estimação.

Sempre coloque identificação no seu cachorro, se ele se perder, poderá ser devolvido à sua família.

Para cachorros ente cinco e cinquenta quilos, é possível optar pela utilização do cinto de segurança. Lembrando que é um cinto de segurança específico para cachorros, ele envolve o peito, costas e ombros. É o jeito mais seguro de transporta-lo, porém pode ser desconfortável ao cão.

Para cachorros acima de vinte e cinco quilos e agitados, a opção mais conveniente que o cinto de segurança é a grade divisória que tem a função de isolar o animal dos demais passageiros.

Para cachorros de até cinquenta quilos (mesmo que o recomendável seja para o transporte de cachorros até vinte e cinco quilos), pode-se optar pela caixa de transporte. Ela protege o animal em caso de colisão.

É importante preparar seu animalzinho para a viagem, assim, ele não ficará assustado e a viagem será muito mais tranquila e segura. Para isso, leve-o para passeios rápidos de carro para que ele acostume com o ambiente novo.

Você pode preparar o ambiente colocando a caminha do seu cachorro em cima do banco do carro, fazendo com que ele se sinta em casa.

Não deve esquecer de que a última refeição do cachorro deve ser três horas antes da viagem, ele não pode viajar de estômago cheio, pois há risco de enjoar durante a viagem.

Passear com seu cachorro antes de entrar no carro é uma dica para que ele canse. Assim, ele pode dormir enquanto está no caminho.

Faça algumas paradas para que seu animalzinho beba água, estique as patinhas e faça xixi. Nunca deixe seu cachorro sozinho dentro do carro. Ele se sentirá sozinho e abandonado por estar em um lugar desconhecido e sem sua família por perto. Procure sempre por lugares pet friendly que você possa levar seu animalzinho.

É útil sempre ter um saquinho à sua disposição para colocar as necessidades do seu cachorro, nunca deixe a sujeira no chão. Também é bom ter lencinhos umedecidos e capa protetora no banco traseiro para evitar que acidentes aconteçam e tenha dor de cabeça com a limpeza do estofado do seu veículo.

E jamais se esqueça da mala do seu cachorro com os itens dele shampoo, toalhas, potes para comida, etc. Isso fará a viagem do seu cachorro mais prazerosa e segura.

 

Se gostou desse conteúdo compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais.

 

Até a próxima!

 

 

 
Novidades
Site produzido pela Netface
Atendimento via WhatsApp